fbpx

O que é e como ter a tolerância?

O que é e como ter a tolerância

Sempre ouvimos que a sociedade precisa de pessoas mais tolerantes, mas o que é a tolerância e como podemos adquirir essa competência no nosso cotidiano? Primeiro, é importante entender que o termo vem do latim e significa “aceitar o próximo”.

Colocá-la em prática é justamente aceitar que o outro tem as suas diferenças e precisamos respeitá-las. É entender que você e eu somos pessoas únicas. Nós pensamos e agimos de maneiras distintas. Essas nossas diferenças físicas, comportamentais, políticas e religiosas devem nos aproximar, não nos separar.

Vivemos em um mundo onde cada vez mais afloram a diversidade e a pluralidade de ideias, o que é ótimo para todos nós que buscamos ser nós mesmos e alcançar a felicidade. Mas sem a tolerância o convívio social se torna inviável. E desenvolvê-la é uma questão emocional, de compreender que a tolerância, a empatia, o respeito e a paciência caminham de mãos dadas.

Pense comigo: existem bilhões de pessoas no mundo. Imagina implicar com as particularidades de cada uma? Não vai fazer bem à você, nem à elas. Busque compreender o que o outro está falando, entender os sentimentos dele. Tenha certeza que a reciprocidade será verdadeira e o mundo vai passar a compreender os seus motivos e razões também. Afinal, gentileza gera gentileza.

 

Relações precisam de compreensão, equilíbrio e comunicação

Relações precisam de compreensão, equilíbrio e comunicação

Ao entrar em um relacionamento, reconhecemos que estamos lidando com mais alguém diretamente. Isso implica em estar em uma via de mão dupla. É nesse cenário que devemos encontrar o equilíbrio perfeito entre se sobressair em alguns momentos e se anular em outros. Essa é a chave para uma relação saudável e duradoura, mas que é impossível sem a tolerância, pois você não vai conseguir ouvir, conviver, nem compreender as diferenças do próximo.

Essa compreensão sugere, inclusive, um grau de comunicação assertiva maior entre as pessoas que estão na relação. Tenha qualidade na hora de se comunicar e seja claro com o mundo, mas sem agressividade ou grosseria. É bom pensar e repensar no que você quer falar. Reflita se o que você quer dizer magoaria você. Caso a resposta seja sim, pense dez vezes antes de falar.

Se você estiver com dificuldade de falar ou de se expressar, escreva tudo em um papel ou em um bloco de notas do celular antes. No dia seguinte, leia e releia. Se você ainda assim não gostar do que escreveu, é melhor não falar em voz alta para ninguém, está bem? Isso vai fazer com que você torne a sua relação mais prospera e duradoura. Tenha amor, cuidado e carinho nas suas falas.

 

Dicas especiais para ter mais tolerância

Dicas especiais para se tornar uma pessoa tolerante

A tolerância é exercitada nas questões pequenas do dia a dia, como em uma discussão conjugal ou em uma discordância sobre política, religião, valores e outros assuntos sensíveis com seus amigos. Seguir as dicas especiais a seguir vai ajudar você a compreender que somos seres diferentes e imperfeitos. E está tudo bem com isso, ok?

 

  • Pense antes de falar porque você pode se arrepender depois;
  • Busque conhecer os fatos, pois nem sempre tudo é como pensamos;
  • Escute ativamente antes de responder qualquer pergunta;
  • Não faça julgamentos prévios;
  • Busque compreender o pensamento da outra pessoa;
  • Tenha empatia com o próximo.

 

Carl Jung dizia que “tudo o que nos irrita no outro, pode nos levar a compreensão de nós”. Buscar compreender as diferenças que estão nas pessoas que nos cercam, pode nos ajudar a compreender quem realmente somos também, inclusive sobre lutas internas.

O verdadeiro amor nasce da compreensão dessas diferenças. Afinal, são elas que nos aproximam. E compreender significa entender o ponto de vista do outro, a maneira de amar de alguém e reconhecer os limites da pessoa. Então, procure ter relações saudáveis e seja uma pessoa boa de se relacionar. A melhor prova de tolerância é o respeito às diferenças!

Deixe uma resposta